DestaquesParaíbaSaúde

CRM constata falta de remédios para pacientes na UTI no Hospital Regional de Patos, PB

Direção do hospital disse que setor de compras já providenciou os insumos que faltam, porém houve atraso na entrega. Vistoria do CRM-PB constata falta de medicamentos para pacientes na UTI no Hospital Regional de Patos, na PB

Uma vistoria do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) constatou que faltam medicamentos essenciais para a manutenção da vida de pacientes na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Patos, no Sertão do estado.

Em nota divulgada nesta sexta-feira (17), a direção do hospital disse que o setor de compras já providenciou os insumos que faltam, porém, devido à pandemia e à instabilidade do mercado abastecedor, houve atraso nas entregas.

Além disso, a direção do Complexo Hospitalar, também declarou que se pediu a outra unidade de saúde do estado para uma remessa de medicamentos caso os comprados não cheguem no prazo, determinado para esta sexta-feira (17).

Segundo o CRM-PB, a fiscalização feita na noite da quinta-feira (16) foi constatado a falta de remédios básicos (antibióticos e analgésicos), além de medicamentos sedativos, vasoativos, diuréticos e anti-hipertensivos e um gasômetro – utilizado para o exame de gasometria arterial ou venosa, necessário para a condução adequada de paciente grave ou com ventilação mecânica – comprometendo a situação dos internos.

O Hospital Regional de Patos conta com 18 leitos de UTI é uma das referências para o tratamento de Covid-19 em todo o Sertão paraibano. Segundo o CRM-PB, no momento da vistoria havia nove pacientes internados e outros a caminho, sendo transferidos dos municípios de Coremas e São Bento.

Mostrar mais

Leia Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios