DestaquesExecutivoParaíba

João Azevêdo entrega obras de segurança, educação, infraestrutura, lazer e habitação em comemoração aos 438 anos de João Pessoa

Outras obras seguem em andamento em diversas áreas, como as de mobilidade urbana, com investimentos de cerca de R$ 300 milhões, que vão desafogar o trânsito em diversos pontos da cidade e promover a segurança de motoristas.

O governador João Azevêdo vai parabenizar a cidade de João Pessoa, nas comemorações do seu 438º aniversário, com a inauguração de diversas obras realizadas pelo Governo do Estado na Capital, nesta sexta-feira (4), a partir das 8h. Outras obras seguem em andamento em diversas áreas, como as de mobilidade urbana, com investimentos de cerca de R$ 300 milhões, que vão desafogar o trânsito em diversos pontos da cidade e promover a segurança de motoristas. Outros R$ 150 milhões estão sendo aplicados em obras e projetos desenvolvidos por meio da Suplan e mais R$ 5 milhões na ampliação de mais 12 km de rede de gás, por meio da Companhia Paraibana de Gás (PBGás). 
 
Desde 2019, a gestão estadual investiu na Capital paraibana mais de R$ 3,5 bilhões em diversas áreas, instalando na cidade equipamentos estruturantes e que promovem desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida da população. 
 
Entre as obras a serem inauguradas nesta sexta-feira, está o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) que, juntamente com as unidades de Campina Grande e Patos, irá abrigar o Sistema de Videomonitoramento, composto com câmeras instaladas em 550 pontos estratégicos do Estado. O centro, que funcionará na Avenida Hilton Souto Maior, integra as forças de Segurança da Paraíba e outros órgãos do Estado e município em um mesmo ambiente visando à otimização do atendimento prestado pelo Centro Integrado de Operações (Ciop), diminuindo o tempo de resposta à população e auxiliando o planejamento e execução de trabalhos de prevenção e repressão qualificadas à violência, que envolvam os órgãos operativos. Somente nas obras físicas foram investidos mais de R$ 7,2 milhões.
 
Também será inaugurada a Praça de Cruz das Armas, onde foram investidos cerca de R$ 2 milhões. A praça agora conta com campo de grama sintético; academia; parque infantil, rampas e calçadas; bancos e mesas em concreto; arquibancadas; estacionamento com revestimento em paralelepípedo (17 vagas); iluminação ornamental e do campo; pavimentação em paralelepípedo das vias do entorno (Rua Flora Euflasina Teresa do Nascimento, Via Local 01 e 02).
 
Na área da educação, o governador vai inaugurar o novo prédio da Escola Estadual de Educação Especial Ana Paula Ribeiro Barbosa Lira, que é vinculada à Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad), em cuja construção foram investidos R$ 4,2 milhões.
 
João Azevêdo também vai entregar 64 apartamentos (Torre C) do Residencial Vista Bela II, em Mangabeira, que fazem parte da primeira etapa do condomínio, que ao todo terá 192 unidades habitacionais, construídas em parceria com o Governo federal, por meio do programa Minha Casa, Minha Vida.  Os apartamentos possuem revestimento cerâmico em todo o piso e nas paredes das áreas molhadas, sendo compostos por varanda, sala, dois quartos, banheiro, cozinha e área de serviço, em um total de 47,66 m2. As unidades habitacionais estão sendo entregues a famílias com renda mensal bruta a partir de R$ 1.800,00.
 
O chefe do Executivo estadual irá inaugurar a Casa da Cidadania do Valentina de Figueiredo, que disponibilizará serviços de emissão de RG, CPF, carteira de trabalho digital. Postos do Sine e da Cagepa também serão instalados no local. 
 
O governador ainda participa do ato de entrega de 10 ônibus dos Consórcios Metropolitano e Transnacional, com motores que atendem às legislações ambientais, com câmeras de monitoramento, poltronas com lugares reservados para pessoas com mobilidade reduzida, idosos e gestantes, iluminação totalmente em Led, sistema de campainha via wireless, corrimões com textura táteis, espaço reservado para cadeirantes, elevador hidráulico para cadeirantes
 
MOBILIDADE URBANA
O Governo do Estado está investindo, com recursos próprios do Tesouro Estadual, cerca de R$ 300 milhões na construção de sete importantes obras de mobilidade urbana em João Pessoa, beneficiando os bairros de Mangabeira, Bancários,  Altiplano, Cristo Redentor, Água Fria, Bairro das Indústrias e, também, os municípios de Bayeux e Santa Rita, na região metropolitana de João Pessoa, contemplando uma população de 1.290.223 habitantes.
 
Entre as sete obras, executadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), destaca-se a construção do Arco Metropolitano de João Pessoa, que interligará as rodovias BR-101 e BR-230, que, além de dois viadutos e duas pontes com 40 metros cada, sobre os rios Mumbaba e Gramame, terá pista dupla com uma extensão de 18,7 km, atualmente em fase de licitação pelo Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba.
 
O Arco Metropolitano, obra de implantação e pavimentação, vai interligar a BR-101 a BR-230 passando pelos distritos de Cicerolândia e Odilândia, com conclusão prevista para setembro de 2025. Essa obra vai retirar o tráfego de caminhões pesados do perímetro urbano de João Pessoa, além de reduzir o tempo de deslocamento das pessoas e, principalmente, os índices de acidentes de trânsito.
 
O Viaduto de Água Fria, outra obra de grande importância para João Pessoa, vai desafogar o trânsito entre o Cristo Redentor e os bairros da zona sul da Capital. Atualmente, segundo o gestor Francisco Romário, a obra prossegue normalmente com a implantação dos 14 blocos de sustentação, dos quais três já estão prontos. Alguns moradores da região do Cristo, entre eles Márcio de Lyra Cabral, consideram fundamental a construção do viaduto, pois vai desafogar o tráfego de veículos naquela parte da zona sul de João Pessoa. Márcia, que trabalha no comércio, no centro da cidade, disse que todos devem elogiar a decisão do governador João Azevêdo de construir o viaduto na BR-230, facilitando a travessia do Cristo para o outro lado da rodovia.  
 
Outra obra de mobilidade urbana relevante é a construção da ponte de ligação entre o Campus da UFPB e as Três Ruas, no Bairro dos Bancários, em João Pessoa, cujos serviços estão com 75% do seu total. Luiz Barreto de Miranda, residente no Bairro dos Bancários, destacou a importância da obra realizada pelo Governo do Estado para desafogar o trânsito de veículos na zona sul, hoje uma das maiores dificuldade para deslocamento da população, especialmente nos horários da manhã e final da tarde.  
 
Ainda na zona sul de João Pessoa destaca-se ainda a construção da ponte de ligação entre a Av. João Cirilo da Silva (Altiplano) e o Hospital Universitário Lauro Wanderley, sobre o Rio Timbó, cujos serviços atualmente estão concentrados mais na construção da ponte que terá oito vigas. Em breve vai começar a parte de aterro e outros serviços constantes do projeto. O morador do Altiplano, Túlio de Oliveira Batista, está ansioso para a obra terminar, pois vai ser um alívio para os habitantes, mais uma opção para o deslocamento de veículo no bairro.
 
Também prossegue em ritmo normal a construção da Via de Ligação do Bairro de Mangabeira V à rodovia PB-008, também na zona sul da Capital. A obra já está com 80% concluída. Essa é uma obra com uma extensão de 2 km e custo de R$ 6,2 milhões com recursos do Tesouro Estadual. Quanto à ligação entre os bairros Cidade Verde, Bairro das Indústrias, Bayeux e Santa Rita, parte da obra já foi feita. A via entre Cidade Verde e Bairro das Indústrias está pronta, faltando a sinalização; Cidade Verde a Bayeux está em fase de implantação, o mesmo acontecendo com a ligação Bayeux a Santa Rita.
 
HOSPITAL DA MULHER 
 
O Governo da Paraíba está construindo em João Pessoa, o Hospital da Mulher, no bairro Cruz das Armas, com investimentos que ultrapassam R$ 80 milhões. A unidade atenderá as especialidades de obstetrícia, ginecologia, mastologia e irá disponibilizar um centro diagnóstico e de imagem de alta resolução, passando a cuidar da saúde integral da mulher em todos os ciclos da vida, tanto na assistência hospitalar como também na ambulatorial, com serviços de prevenção e orientação integrais.
 
Além disso, serão oferecidos serviços de urgência e emergência 24h, serviço de referência ao Atendimento de Vítimas de Violência Sexual, com consultórios exclusivos por perfil da paciente e ambulatório de egressa do pré-natal de alto risco. A unidade pretende ainda implantar um novo modelo de atenção ao parto, nascimento e à saúde da criança com a implementação de uma rede de atenção que garanta acesso, acolhimento e resolutividade, reduzindo, assim, a mortalidade materna e neonatal.
 
O Hospital da Mulher contará com salas de Urgência e Emergência; ambulatório; Banco de Leite Humano; Centro de Diagnóstico por Imagem; Unidade de Nutrição Enteral; Unidade de Alimentação e Nutrição; Central de Vestiários/banheiros de funcionários e repouso; Casa de Gestante, Bebê e Puérpera (CGBP);  estacionamento; internação para lactantes e bebês; Posto de Coleta de Leite Humano; Laboratório; Agência Transfusional; Ensino e Pesquisa; Centro Cirúrgico Obstétrico e Ambulatorial; Unidade de Tratamento Intensivo Adulto; Unidade de Terapia Intensiva Neonatal Convencional; Unidade de Cuidado Intermediário Canguru – Ucinca; Unidade de Cuidado Intermediário Adulto; Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional; Centro de Parto Normal e Central Abastecimento Farmacêutico.
 
GÁS NATURAL 
 
O Governo do Estado, por meio da Companhia Paraibana de Gás (PBGás) chega com o gás natural aos bairros do Centro e Tambiá.  As obras de ampliação da rede de gás estão sendo realizadas nos bairros do Centro e de Tambiá e possibilitarão a interligação de restaurantes, hospitais e do Shopping Tambiá ao gás natural. Até meados de agosto será concluída a rede de gasodutos em dois dos bairros mais tradicionais da Capital paraibana. As obras incluem o trecho que parte do início da avenida Epitácio Pessoa (próximo ao colégio Lourdinas), passando pela Praça da Independência, avenida Odon Bezerra até o Shopping Tambiá.  
 
O diretor-presidente da PBGás, Jailson Galvão, informou que mais de R$ 5 milhões estão sendo investidos este ano na ampliação de mais 12 km de rede de gás, somente em João Pessoa. “Estaremos levando a infraestrutura de gás canalizado para uma área estratégica, possibilitando que restaurantes, hospitais e um cliente com alto volume de consumo que é o Shopping Tambiá, possam usufruir das vantagens como fornecimento contínuo e sem a necessidade de abastecimento por caminhões, segurança, economia e o respeito ao meio ambiente”, frisou.  
 
Rede de Gás em João Pessoa – A rede de gasodutos de 363 km está distribuída em 16 municípios (João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo, Conde, Alhandra, Santa Rita, Bayeux, Mamanguape, Queimadas, Ingá, Caldas Brandão (Cajá), São Miguel de Taipú, Gurinhém, Sobrado, Mogeiro e Pedras de Fogo).
 
Em João Pessoa, o gás canalizado está presente em 19 bairros da Capital Aeroclube, Manaíra, Tambaú, Cabo Branco, Altiplano, Miramar, Brisamar, Tambauzinho, Torre, Jardim Oceania, Bessa, Bancários, Bairro dos Estados, Distrito Industrial, João Agripino, Pedro Gondim, Jardim Veneza, Tambiá e Centro.
Mostrar mais

Redação

O Extra Paraíba é um portal de notícias e entretenimento, aqui você estará sempre atualizado com as últimas notícias do Brasil, mundo e da Paraíba em geral.

Leia Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios