DestaquesParaíbaSaúde

João Azevêdo lança programa ‘Coração Paraibano’, que oferta atendimento de urgência e emergência em cardiologia em todo o estado

O programa ainda conta com 15 ambulâncias, uma aeronave do transporte aeromédico e um helicóptero da Polícia Militar. 

O governador João Azevêdo lançou, nesta sexta-feira (10), na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural José Lins do Rêgo, em João Pessoa, o programa ‘Coração Paraibano’, uma rede estruturada de cuidados de urgência e emergência cardiológica, especialmente no atendimento a pacientes que sofrerem infarto agudo do miocárdio. O investimento na ação que abrangerá todas as regiões do Estado e terá atendimento 24h é superior a R$ 15 milhões. 
 
O gestor também esteve no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita, onde fez a entrega de ecocardiógrafo digital, tomógrafo computadorizado, aparelhos de ultrassonografia e de anestesia, que somam investimentos superiores a R$ 2,8 milhões. Na ocasião, a embaixadora do programa ‘Coração Paraibano’, a cardiologista Ludhmila Hajjar, apresentou o protocolo de cuidados aos profissionais de saúde.
 
Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual ressaltou o grande passo dado pelo governo para melhorar a saúde pública, garantindo o cuidado com os paraibanos. “Nós iniciamos a estruturação do Coração Paraibano há algum tempo, começando com a interiorização da média e alta complexidade, levando equipamentos de hemodinâmica que só existiam em João Pessoa e esse projeto tem uma integração muito maior, com ambulâncias, implantação de telemedicina, hemodinâmica e distribuição de medicamentos para realização de trombólise para salvar vidas”, frisou. 
 
Ele também destacou a capacidade de diálogo com os municípios para a viabilização da regulação dos leitos pelo estado. “O tempo de resposta faz a diferença entre a vida e a morte, por isso, que temos feito grandes investimentos na saúde da Paraíba, recebendo reconhecimento nacional com ações importantes, como o Opera Paraíba, com a realização de mais de 35 mil cirurgias, e a vacinação”, acrescentou. 
 
O secretário de estado da Saúde, Jhony Bezerra, evidenciou que o Coração Paraibano permitirá otimizar e regionalizar a linha de cuidados cardiológicos em todo o estado. “Esse programa é um marco na saúde do estado porque cria uma linha de cuidados específicos para a urgência cardiológica, doença que mais mata no Brasil e no mundo e esse atendimento facilitará o acesso do paciente a uma rede de telemedicina com cardiologistas 24h, com procedimentos de cateterismo e trombolítico”, explicou. 
 
Ele também informou que toda equipe do programa passou por treinamento para prestar um atendimento qualificado e eficiente ao povo paraibano. “Todos estão capacitados e empolgados, nossas unidades de saúde receberam todos os medicamentos do protocolo da síndrome coronariana e estamos prontos para servir a toda sociedade paraibana”, completou.
 
A cardiologista Ludmila Hajjar, embaixadora do programa Coração Paraibano, também recebeu na solenidade o título de cidadã paraibana pela Assembleia Legislativa. Em sua fala, ela afirmou que a ação do governo na saúde promove equidade e direito aos cidadãos. “Estou muito honrada de participar desse programa em que tive a oportunidade de perceber o envolvimento dos profissionais de saúde e de ver que o povo está recebendo o que há de melhor, com UTI aérea, helicóptero, ambulâncias, telemedicina, medicamentos que não estão disponíveis em todo o SUS, é o sonho que a gente tem para o Brasil. Essa revolução que o governador está fazendo na Paraíba será exemplo para o país e é fruto de equilíbrio fiscal, de investimentos em pesquisa, de parcerias com universidades e estou muito feliz por participar desse momento e sou paraibana a partir de hoje”, falou. 
 
Coração Paraibano – O programa contará com uma estrutura de quatro hemodinâmicas espalhadas em três hospitais nas três Macrorregiões de Saúde, 12 hospitais auxiliares para dar suporte na estabilização do paciente e na aplicação do trombolítico e uma rede de telemedicina que dará suporte 24h por meio da Central Estadual de Regulação. O programa ainda conta com 15 ambulâncias, uma aeronave do transporte aeromédico e um helicóptero da Polícia Militar. 
 
Os hospitais regionais de Cajazeiras, Catolé do Rocha, Guarabira, Itabaiana, Mamanguape, Piancó, Pombal, Taperoá, Sousa, Picuí e de Monteiro, além da UPA Princesa Isabel compõem as unidades de saúde que integrarão o programa. Já os hospitais de Trauma de Campina Grande Dom Luiz Gonzaga Fernandes, de Patos Deputado Janduhy Carneiro e o Metropolitano serão responsáveis pela realização da hemodinâmica. 
 
A dinâmica do atendimento prevê o direcionamento do paciente que sofrer um infarto a um hospital mais próximo para realizar a trombólise. A regulação será feita pela Central Estadual de Regulação, que a partir de agora será a gestora dos leitos de cardiologia de toda a Paraíba. O paciente também poderá ser regulado para uma unidade coronariana para realizar o cateterismo de urgência e terá prioridade zero nas regulações. 
 
O vice-governador Lucas Ribeiro; os deputados federais Aguinaldo Ribeiro e Gervásio Maia Filho; os deputados estaduais Wilson Filho, Danielle do Vale, Chico Mendes, Luciano Cartaxo, Francisca Motta, João Gonçalves e João Paulo; o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena; o vice-prefeito de João Pessoa, Leo Bezerra; vereadores; lideranças de diversas regiões; a presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, desembargadora Fátima Bezerra; e auxiliares da gestão estadual, a exemplo de Renata Nóbrega (executiva da Saúde), Roberto Paulino (chefe de Governo), Nonato Bandeira (Comunicação Institucional) e Ronaldo Guerra (chefe de gabinete do governador) prestigiaram a solenidade.

Mostrar mais

Redação

O Extra Paraíba é um portal de notícias e entretenimento, aqui você estará sempre atualizado com as últimas notícias do Brasil, mundo e da Paraíba em geral.

Leia Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios