DestaquesEventosExecutivoParaíba

Multidão celebra a chegada de 2024 no Réveillon promovido pela Prefeitura de João Pessoa

O show pirotécnico iluminou o céu na Orla da Capital na virada do ano a meia-noite. Este ano o céu foi iluminado por fogos de artifício silenciosos, como ocorreu ano passado. A medida foi adotada novamente em respeito ao público sensível aos estampidos das explosões – pessoas com autismo, idosos e animais de estimação, como ocorreu no ano passado.

Milhares de pessoas passaram o Réveillon nas areias da praia de Tambaú, no Busto de Tamandaré – Orla Marítima da capital paraibana. A festa, promovida pela Prefeitura Municipal, através da sua Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), foi animada pelo DJ Cris L, os cantores Aduílio Mendes, Ranniery Gomes, Banda Limão com Mel e Alinne Rosa. A contagem regressiva para a chegada do novo ano foi puxada pelo cantor paraibano Ranniery Gomes, seguida por aproximadamente 10 minutos de fogos de artifício.

O show pirotécnico iluminou o céu na Orla da Capital na virada do ano a meia-noite. Este ano o céu foi iluminado por fogos de artifício silenciosos, como ocorreu ano passado. A medida foi adotada novamente em respeito ao público sensível aos estampidos das explosões – pessoas com autismo, idosos e animais de estimação, como ocorreu no ano passado.

“Toda equipe da Funjope fica muito contente por tudo que nós estamos conseguindo entregar a cidade de João Pessoa. Realizamos, mais uma vez, um Réveillon espetacular em termo de programação musical, artistas, mas sobretudo pela presença do público. A cidade já se acostumou a comemorar o Réveillon na praia, no Busto de Tamandaré e a gente está promovendo esse evento, como forma de valorizar a nossa cidade. A festa é destinada ao pessoense, mas evidentemente que se a festa é boa atrai também o turista”, frisou o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.

De acordo com ele, a tradicional festa da virada é um projeto integrado que envolveu ações de diversas secretarias, entre elas a de Infraestrutura (Seinfra); Desenvolvimento Urbano (Sedurb); Saúde (SMS); Autarquia de Limpeza Urbana (Emlur); Guarda Civil Metropolitana (Semusb) e Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob); além da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

“A gente já emenda o nosso Réveillon com o projeto Festival Verão Forró, que vai garantir todos os sábados de janeiro uma excelente programação aqui na Orla da Capital. A gente celebra com isso mais um grande momento da cidade de João Pessoa. A gente consegue integrar a Prefeitura de João Pessoa com o Governo do Estado da Paraíba e mantém uma boa relação com o governo de João Azevedo e o prefeito da Capital, Cícero Lucena. Isso é realmente valoroso”, ressaltou o Marcus Alves

Atrações – A primeira atração da noite a subir no palco foi o DJ Cris L. “Saio do show energizado pelo público. Foi muito bom. Essa é a quarta vez que me apresento na festa da virada e vejo que a festa está ainda melhor, mais bonita e organizada”, comemorou.

Na sequência, às 21h, se apresentou o cantor cearense Aduílio Mendes, animando o público até as 22h30. “Saio do show extasiado com a receptividade do público paraibano. É a primeira vez que me apresento em João Pessoa, Espero que seja a primeira de muitas. Para 2024 mentalizo um ano com amor, generosidade e respeito ao próximo, seguimos com uma agenda extensa de show na Paraíba, Pernambuco e Maranhão”, enfatizou.

Em seguida, às 23h, subiu no palco o cantor paraibano Ranniery Gomes, que levantou ainda mais o astral do público. “É a segunda vez que participo do show da virada. Para mim é um privilégio e uma experiência maravilhosa”, ressaltou o artista. Ranniery trouxe um repertório mesclado de muito forró e axé “pra mexer com o povo”. Após a virada do ano, o cantor pediu para o público levantar as mãos para o alto para receber 2024 com energia positiva.

A partir de 1h da madrugada, assumiu a animação a Banda Limão com Mel que fez o público se animar ao som de muito forró. “Trouxemos nossos grandes sucessos reunidos no novo show Playlist, 30 anos de estrada que vamos levar para todo Brasil”, disse o vocalista Edson Lima, acompanhado da também vocalista da banda, a paraibana Adma Andrade.

Às 3h, a cantora baiana Alinne Rosa subiu ao palco, seguindo com todo fôlego até o amanhecer do dia.
Comerciantes – Viviane Livramento, de Bayeux montou sua tenda bem próxima ao palco montado para os shows na praia Cabo Branco para vender lanches e bebidas em geral. “Adorei a localização. A proximidade atrai um número maior de pessoas e isso é bom para as vendas”, disse.

Já Auricélia Quirino vende os mesmos produtos numa tenda montada na praia de Tambaú. Ela segue os passos dos pais e trabalha ao lado da filha Kelly Quirino. “Desde os cinco anos de idade que trabalho em eventos. Fui criada embaixo das bancadas”, contou. Ela gostou das vendas e às 3h da manhã ainda estava vendendo seus produtos.

Turistas – Maysa e Fred Oliveira, da cidade de São Bernardo dos Campos, interior do estado de São Paulo, estão na cidade há quatro dias e já passearam bastante. “Há três anos que nós não viajávamos, e, quando decidimos viajar. pensamos no Nordeste. Um amigo indicou João Pessoa. Estamos adorando”, afirmou Oliveira.

Para o casal cearense Fabíola Rodrigues e Vítor Cavalcante, João Pessoa já faz parte do roteiro de final de ano. “É a nossa terceira vez . Gostamos daqui. A cidade é organizada, limpa, bonita e o povo é acolhedor, além da questão da segurança. Vimos bastante policiais nas ruas o que nos deixa mais tranquilos durante a festa”, disse Fabíola.

Samu – O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Regional de João Pessoa (Samu-JP) esteve presente na festa de Réveillon 2024 na Orla da Capital, atuando de acordo com o Plano Operacional de Atendimento Pré-Hospitalar Móvel. As equipes atuaram das 20h do domingo (31) até o final do evento. As unidades móveis e os profissionais foram distribuídos em pontos estratégicos no entorno do Busto de Tamandaré.

A estrutura contou com uma equipe formada por 14 profissionais e nove veículos – uma Unidade de Suporte Básico (USB), uma de Suporte Avançado (USA), seis motolâncias (três duplas), um Veículo de Intervenção Rápida (VIR), além das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), para prestar atendimentos à população.

Atendimentos – As equipes do Samu realizaram 43 atendimentos, sendo 30 clínicos, 13 casos de traumas, 19 remoções e 23 atendimentos no local. Excesso de álcool foram os principais causas de atendimentos, seguido de crise de ansiedade; mal estar e dor de cabeça também estavam entre as causas de assistência. Os profissionais atenderam duas mulheres, que entraram em trabalho de parto. Ainda foram registrados atendimentos de trauma, fratura, acidentes de trânsito, agressão física, convulsão, queimadura, hipertensão e hiperglicemia.

Mostrar mais

Redação

O Extra Paraíba é um portal de notícias e entretenimento, aqui você estará sempre atualizado com as últimas notícias do Brasil, mundo e da Paraíba em geral.

Leia Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios