DestaquesPolicial

Paraíba tem redução de 67% dos homicídios na Semana Santa e menor número de assassinatos desde 2017

Importante ressaltar que trabalhamos com operações de prevenção e repressão qualificadas antes e durante o feriadão, a exemplo de uma ação integrada com o Gaeco, realizada na quarta-feira, quando foram cumpridos 60 mandados de prisão.

O empenho das forças de segurança para garantir a tranquilidade no Estado durante a Semana Santa teve como resultado a redução de 67% dos crimes contra a vida no período, que foi de 6 a 9 de abril deste ano. Nos quatro dias de feriado, foram registrados cinco Crimes Violentos Letais Intencionais – homicídios dolosos ou qualquer crime doloso que resulte em morte, enquanto em 2022 foram 15 casos.

“É a melhor Semana Santa da série histórica registrada desde 2017, quando aconteceram oito registros de CVLI. Importante ressaltar que trabalhamos com operações de prevenção e repressão qualificadas antes e durante o feriadão, a exemplo de uma ação integrada com o Gaeco, realizada na quarta-feira, quando foram cumpridos 60 mandados de prisão. Também permanecemos na Semana Santa dando continuidade a esses cumprimentos. Então, o número positivo de 2023 reforça que a integração entre os órgãos do sistema de segurança, o planejamento antecipado, o uso de tecnologia e inteligência policial trazem resultados efetivos”, frisou o secretário da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes.

Este ano, mais de 5 mil agentes de Segurança Pública da Polícia Militar, Polícia Civil, do Corpo Bombeiros Militar e do Departamento de Trânsito da Paraíba atuaram no estado durante o feriadão, executando trabalhos de prevenção e repressão qualificadas em todo o período de feriado prolongado no Estado.

Mostrar mais

Redação

O Extra Paraíba é um portal de notícias e entretenimento, aqui você estará sempre atualizado com as últimas notícias do Brasil, mundo e da Paraíba em geral.

Leia Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios