DestaquesEsportesParaíba

Sousa cala o Almeidão e conquista o Campeonato Paraibano de 2024

Agora, os dois times vão se concentrar nas competições da CBF. O Sousa ainda tem a terceira fase da Copa do Brasil e a Série D. Já o Botafogo-PB vai disputar a Série C.

Diferentemente do ano passado, quando perdeu o título nos pênaltis para o Treze, o Sousa se sagrou campeão estadual neste sábado, em pleno Estádio Almeidão, em João Pessoa, ao vencer o Botafogo-PB nas penalidades por 4 a 3 após empate por 1 a 1 no tempo normal.

Com a conquista, o Sousa alcançou o seu terceiro título estadual na história. O Dinossauro, que fez a sua quinta final do Paraibano, havia sido campeão da competição pela última vez em 2009.

No tempo normal, o Sousa abriu o placar com Diego Ceará, artilheiro da competição, aos 6 minutos, cabendo a Bruno Leite empatar para o Belo aos 39 do segundo tempo, levando a decisão para as penalidades máximas.

Agora, os dois times vão se concentrar nas competições da CBF. O Sousa ainda tem a terceira fase da Copa do Brasil e a Série D. Já o Botafogo-PB vai disputar a Série C.

O JOGO
Após o empate por 0 a 0 no jogo da ida, tudo ficou para o Almeidão. Mesmo com a posse de bola, o Botafogo-PB teve dificuldade em triangular as jogadas e entrar na defesa do Dinossauro.

Muito por isso o Alviverde passou a jogar nos contra-ataques e conseguiu, com Leozinho, duas vezes, e Diego Ceará, criar as melhores oportunidades de gol. O Belo, por sua vez, até tentou chegar com perigo apostando nas bolas alçadas na área, mas não fez o bastante para exigir que Bruno Fuso fizesse uma grande defesa sequer.

sousa x botafogo 2024

Reprodução/TV Cabo Branco

Segundo tempo

O Belo voltou para o segundo tempo mais ofensivo. Logo a um minuto, Gustavo Poffo avançou e encheu o pé, mas o goleiro Bruno Fuso defendeu em dois tempos.

A resposta do Sousa foi imediata. Diego Ceará fez boa jogada individual após lançamento de Marcelo Duarte. O camisa 9 tentou para Reinaldo, a bola foi desviada parcialmente pela defesa e voltou para o Diego Ceará chutar sem chances para o goleiro Dalton. Sousa 1 a 0.

À frente no marcador, o time sousense conseguiu administrar a vantagem até os 39 minutos, quando Bruno Leite, em um golaço, deixou tudo igual. Ao fim dos 90 minutos ficou decidido que o Paraibano seria, mais uma vez, decidido nos pênaltis.

E quem sorriu foi o Sousa, em pleno Almeidão, para delírio da torcida que se fez presente em grande número.

Ficha Técnica

Botafogo-PB

Dalton, Lenon, Reniê, Wendel Lomar e Bruno Cardsoso (Evandro); Rodrigo, Thallyson (Bruno Mota), Lucas Siqueira (Bruno Leite) e Warley Júnior (Gabriel Lima); Gustavo Poffo (Paulinho) e Pipico. Técnico – Moacir Júnior

Sousa


Bruno Fuso, Iranilson, Breno Cézar, Marcelo Duarte e Leozinho (Adriano Seixas); Hebert Cristian (Michel Lim), Alexandre Aruá (Juninho Paraíba), Felipe Jacaré e Reinaldo (Ewerton Potiguar); Diego Ceará (Danillo Bala) e Jackson Santos. Técnico – Paulo Schardong

Árbitro – Anderson Daronco (RS)

Assistentes – Nailton Júnior de Sousa (CE) e Rafael da Silva Alves (RS)


VAR: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho (RJ)


AVAR: Andrea Izaura Maffra Marcelino (RJ)


Gols -Diego Ceará (S) aos 6min; Bruno Leite (B) aos 39min do 2ºT

Cartão amarelo – Lucas Siqueira, Gustavo Poffo, Bruno Leite, Evandro (B); Paulo Schardong, Reinaldo, Michel Lima, Jackson Santos, Jackson (S)
Cartão vermelho – Hiago Ramiro (S)

Penalidades

Wendel Lomar (perdeu), Bruno Mota (marcou), Leno (marcou), Paulinho (marcou), Pipico (perdeu)
Danilo Balla (marcou), Juninho Paraíba (marcou), Jackson (marcou), Ewerton Potiguar (marcou)

Fonte: ParaibaOnline
Mostrar mais

Redação

O Extra Paraíba é um portal de notícias e entretenimento, aqui você estará sempre atualizado com as últimas notícias do Brasil, mundo e da Paraíba em geral.

Leia Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios