DestaquesParaíbaSaúde

Vereador de Lucena que pediu afastamento do prefeito Leo Bandeira descobriu que tomou vacina vencida

Ele é um dos autores do pedido de afastamento do prefeito Léo Bandeira do cargo, apresentado ontem na Câmara Municipal, pelo escândalo na vacinação de crianças com doses erradas, além da imunização de menores e adultos com doses vencidas no município.

O vereador de Lucena Jair das Chagas Silva afirmou nesta terça-feira (25) que descobriu ser uma das pessoas na cidade que recebeu vacina contra covid-19 de um lote vencido. Ele é um dos autores do pedido de afastamento do prefeito Léo Bandeira do cargo, apresentado ontem na Câmara Municipal, pelo escândalo na vacinação de crianças com doses erradas, além da imunização de menores e adultos com doses vencidas no município.

De acordo com o requerimento, uma reunião foi marcada para esta quarta-feira (26) para apurar o relatório da Secretaria de Saúde do Estado enviado para o Ministério Público Federal que aponta que 881 pessoas da cidade receberam doses vencidas em mais de cinco meses.

“Foi descoberto só depois que foi divulgado o relatório das vacinas aplicadas e das apreensões das vacinas vencidas. Então, houve aproximadamente 900 vacinas aplicadas vencidas. Conferindo meu cartão, para a minha surpresa, o número do lote está nesse relatório”, disse.

Além de Jair, assinaram o pedido de afastamento os vereadores Francisco dos Santos, Ângelo Inácio Canuto, Alecsandro Targino de Brito, Arnóbio Menezes Franco, Severino Amâncio Barbosa, Josefa dos Santos  Silva e Andreia da Silva Costa.

Confira o documento na íntegra:

Click PB

Mostrar mais

Redação

O Extra Paraíba é um portal de notícias e entretenimento, aqui você estará sempre atualizado com as últimas notícias do Brasil, mundo e da Paraíba em geral.

Leia Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios